14pm_media

Em Rio Preto, do início do século XX: filho mata o pai acidentalmente.

O acidente aconteceu por volta do mês de abril de 1908, portanto há 100 anos. Um pai pediu para o filho buscar alguns porcos que tinham escapado do chiqueiro, o serviço não ficou como o pai esperava e, o pai, ao tentar bater no filho, acabou sendo esfaqueado.

Veja reportagem na íntegra.

“Morte por acidente.

Vindo em dia dessa semana do distrito de Avanhandava apresentou-se a autoridade e a prisão Marcolino do Prado, que acaba de matar seu próprio pai, Manoel Theodoro do Prado.

Ordena este a Marcolino que fosse recolher ao chiqueiro alguns porcos dali escapados. Não tendo feito o serviço a contendo do pai este ameaçou de quis batê-lo.

Marcolino correu e o velho atirou-se a seu encalço, em um momento preciso, quando o velho ia alcançar o filho,  este volta-se e neste momento, o esbarro que deu, a faca que estava armado Marcolino, e que servia ao conserto do chiqueiro, penetrou quase todo no ventre do velho Theodoro do Prado.

Seguiu dali a morte do pobre pai.

Marcolino é um cretino, como indica o físico, seu todo, seu aspecto.

Acha-se recolhido na cadeia local”.

Observações:

A língua portuguesa foi atualizada. Nota-se, no juízo de valor expresso no final, uma certa tendência à concordância com teorias racistas do final do século XIX e início do século XX.

Fonte: Jornal O Porvir, 5 de abril de 1908, ano V, nº 234, p. 2.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...