Morte de cachorros em Rio Preto em 1912.

Valores e costumes se alteram no tempo e no espaço, o que em uma determinada época parece correto e aceitável em outra pode ser um horror ou algo totalmente reprovável.

No ano de 1910, na cidade de São José do Rio Preto, um anúncio no jornal A Cidade elogiava um tal de Chicão – Chico Motta – pelo brilhante papel que desempenhava em matar os cachorros vadios.  Uma atitude destas nos dias de hoje causaria repugnância.

Estamos vivendo em uma época em que alguns animais vem ganhando muito cuidado, associações se multiplicam em defesa de alguns animais e os maus tratos são entendidos como crime. Ao que tudo indica não era essa a preocupação dos rio-pretenses no início do século XX.

Morte de cachorros em 1910Fonte:

Jornal A Cidade, 30 março, 1912, ano I, nº 42, p.2.

Obs.: Foto ilustrativa, não corresponde à época. Fonte.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Sobre Alexandre de Freitas

Graduado e pós-graduado em ciências humanas, professor na educação básica e superior.
Esta entrada foi publicada em Ciências Humanas. ligação permanente.