Córregos que secaram em São José do Rio Preto. Um afluente do Piedadinha que secou.

Curso da agua no ana célia

A urbanização de uma localidade vem acompanhada de muitas agressões ambientais, uma delas está relacionada aos impactos aos recursos hídricos, seja em forma de contaminação, assoreamento, mortandade de peixes e até mesmo o fim do curso d’água.

As áreas de nascentes são essenciais para preservação dos cursos cursos d’água e dos córregos, muitas bacias urbanas já estão comprometidas devido a retirada da mata ciliar que as protegia. As nascentes, em nossa região, formam-se em zonas de saturação e transferem água subterrânea para superfície, a infiltração da água no solo é importantíssimo para preservar as nascentes.

Na zona norte de Rio Preto, no bairro Ana Célia II, até o início da década de 1970, havia um pequeno curso d’água que hoje não existe, ou pelo menos sua nascente regrediu muito (pois possivelmente pode estar dentro de uma propriedade privada). A geomorfologia do local apresenta as características viáveis para ali nascer um curso d’água.

O local da possível nascente deveria ser bem próximo à rua dos Direitos Humanos junto a rua Braulina Franco Leme, dali o as águas corriam para o córrego Piedadinha. Dessa forma, estamos falando de um possível afluente do córrego Piedadinha.

Nota-se na avenida Antônio Marcos de Oliveira um fluxo d´água canalizado que desemboca no Piedadinha na altura da rua Nestor Brandão,  possivelmente há uma nascente ali que está resistindo à urbanização. Mas em carta do IBGE de 1972, Folha SF 22-X-B-IV-3, verifica-se um curso d’água bem maior, a ponto de podemos chamá-lo de um pequeno córrego.

Vamos analisar algumas imagens.Piedadinha

Podemos ver nesta carta que a nascente do curso d’água que estamos analisando se encontrava bem próxima à avenida Mirassolândia.

O curso d’água também é notável em um mapa de 1959, quando a área era totalmente rural.

Afluente do PiedadinhaNo mapa acima notamos que a área urbana da cidade acabava no linha do trem, na altura da avenida Cenobelino, o curso d’água está cartografado com nascente bem próximo à avenida Mirassolândia.

Vamos analisar uma imagem atual do google maps.

Curso da agua no ana céliaA imagem atual nos mostra a área urbanizada e o local onde possivelmente o curso d’água nascia.

Outro fato preocupante é que na área próxima onde era a nascente, hoje se encontra um ponto de apoio da prefeitura, local onde se descartam entulhos e demais objetos, alguns com possibilidade de contaminar o lençol freático. Pior ainda, antes de haver este ponto de apoio ali se descartavam todo tipo de lixo e entulho.

Possivelmente a memória da antiga nascente foi sumindo junto com ela. Uma vez que isso acontece perdem-se as referências do que  local foi um dia. Em locais onde surgem nascentes o ideal é manter a vegetação ou, quando essa já não existe mais, iniciar plantação de árvores para, quiçá, um dia as águas voltem a brotar.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...